Um Chá com Ben Haenow: De vencer o The X Factor UK à uma carreira independente, como o cantor lidou com sua jornada e a transformou em sua arte

0
62

A indústria musical sempre foi dividida entre os artistas verdadeiros e aqueles que levam o rótulo mesmo sem criar arte alguma, sendo que a segunda opção normalmente é comandada por nomes idealizados em programas televisivos. Felizmente o público vêm se tornando mais exigente, buscando cada vez mais uma maior proximidade com quem realmente está criando as canções que tocam em suas plataformas de streaming, incentivando a saída da zona de conforto e a busca pela criação de um material sincero e autoral.

Leia também: Ben Haenow retrata a honesta realidade dos desafios que acompanham uma carreira pós reality show com “Falling Down”

Ben Haenow venceu o The X Factor UK em 2014, e agora segue sua carreira de maneira independente, sendo um dos poucos que pode representar os dois lados do cenário fonográfico. “O controle criativo é provavelmente a maior diferença“, explicou Ben, ao ser perguntado sobre as divergências entre os extremos. “Trabalhando neste novo álbum, eu pude levar um pouco mais de tempo para experimentar sons e letras“. Ben buscou retratar esta realidade por trás do The X Factor em seu single atual, “Falling Down”, fruto de um aprendizado que veio do programa: “Foi um passeio louco e algo que eu acho que ninguém pode te preparar. Tem altos e baixos, mas no geral, tive uma experiência incrível e meu tempo com uma grande gravadora ajudou-me a aprender muito sobre a indústria também, o que é útil como artista independente“.

Ben aproveitou sua liberdade criativa para explorar seu diferencial de retratar a realidade por trás do tão almejado contrato. “Acho que escrever a partir de experiências que você teve é mais fácil e sinto que as pessoas se relacionam com a verdade nas histórias. Eu acho bastante libertador poder escrever com emoção“. Porém, o exercício desta liberdade só é possível pela preferência atual do público em buscar pela honestidade, ferramenta que Ben vem utilizando para alcançar sua audiência: “Acho ótimo que seja tão fácil colocar música em todo o mundo sem a necessidade de grandes gravadoras. A mídia social é uma ferramenta poderosa e significa que um artista pode entrar em contato direto com os fãs e interagir em muitos níveis. As pessoas gostam de um artista para ser acessível agora“.

Quanto ao seu novo álbum, “Alive”, Ben explicita que “é vagamente autobiográfico e é sobre a minha jornada do X Factor até agora. O som é um pouco mais rock neste álbum e é algo que eu estou muito interessado em explorar. Eu amo blues e rock e queria que essas influências brilhassem um pouco nas novas faixas. Espero que as pessoas gostem das novas músicas e possam se relacionar com as letras e temas“. Para o futuro, o cantor está esbanjando ansiedade para ir para a estrada com seus shows ao vivo. “Eu não posso esperar para sair e mostrar às pessoas a nova música“.