Mensagem otimista presente no “Purpose” é a mais bela e genuína maneira de inserir conceitos pessoais na arte e deve ser lembrada constantemente

0
14

Pouco mais de dois anos após seu lançamento, é impossível deixar de comparar todos os discos atuais populares com o trabalho magnífico que foi apresentado em “Purpose“. Ao ser lançado no fim de 2015, o disco marcou o amadurecimento não apenas pessoal de Justin Bieber, mas também artístico, sendo a primeira vez que seu nome esteve como compositor principal na maioria das canções, co-escritor em todas elas, co-produtor em “What Do You Mean“, e até mesmo em Produtor Executivo do álbum. Porém, além disso, o “Purpose” representa muito mais do que o que conseguiu atingir em uma carreira. Acredito que o artista mais grandioso seja aquele que é inspirado para criar sua arte e, no processo, vira inspiração – e não há melhor forma de definir o conceito de Bieber através do “Purpose”. Através de um popular R&B que atingiu a mais alta qualidade, Justin Bieber conseguiu passar sua nova essência pessoal através de cada canção presente no disco. A presença de mensagens presentes no entretenimento está cada vez mais rara, e a apresentada no “Purpose” merece ser constantemente lembrada pelo impacto social que pode causar caso seja analisada da maneira correta.

As inspiradoras palavras calmas e certeiras acompanhadas de melodia afirmam que a vida vale a pena ser vivida, incentiva a não fazer nada a não ser que seu coração esteja presente e apresentam uma visão otimista para o futuro das crianças. Porém, a mensagem principal está presente logo no título. Justin Bieber deixou claro através de suas atitudes que deseja ser tratado como uma pessoa normal – e por mais que a polêmica causada tenha sido inevitável, é uma ação que todos os artistas deveriam ao menos pensar em usar. Utilizando apenas uma caneta permanente e uma caixa transparente, o cantor resolveu literalmente desenhar seus desejos e pensamentos para os fãs durante o início de cada show da turnê de seu quarto álbum de estúdio. Cada música e ação gira em torno de um motivo: seu propósito. “Eu não mereço esse amor, Jesus merece” foi a mensagem escrita no primeiro show em São Paulo – tamanha adoração se dá ao fato de Bieber, através de sua crença, ter sido abençoado com o melhor presente de todos, sendo esse um motivo, um significado, um plano maior, um “Purpose”.

Leia também: O polêmico modo Justin Bieber de “educar” seus fãs que deveria ser usado por todos os artistas

Ao fim dos shows, conseguindo criar um momento íntimo em estádios lotados, o cantor apresentava “Purpose” em seu maior estado de vulnerabilidade para fechar com chave de ouro a inspiração passada na era do disco. Em momentos conturbados na política e sociedade mundial, mensagens como essa deveriam ser lembradas mais constantemente. O significado de Bieber é uma que particularmente acredito fielmente, e que ao menos poderia ser apresentada como pensamento por mais pessoas. “Purpose” transmite a bela mensagem de que todos possuem um propósito para algo – não importa se está ligado à profissão, à arte ou a qualquer outra opção -, e seguir tal propósito é um ótimo modo de se viver. Vivemos em uma sociedade problemática porque a maioria da população está preocupada em ser bem sucedida em áreas que não a agrada, visando apenas o sucesso financeiro. O ponto principal é lembrar que sucesso não é sinônimo de dinheiro, mas sim a realização pessoal. O propósito de Justin Bieber é criar arte através de sua música e espalhar a mesma visão que lhe deixou tão grato. A mensagem vai além de qualquer crença, afinal ela está presente em todas, mas de maneiras diferentes – o fato de Bieber ter conseguido passá-la em um disco musical através de sua arte é brilhantemente inspirador.

A música é considerada a linguagem universal, portanto uma mensagem de tamanho peso psicológico não deveria ser considerada apenas para os fãs de Justin Bieber, mas sim para todos que procuram consumir canções significativas. Por mais que não exista problema algum em formatos do entretenimento que apenas entretém, a falta de mensagens artísticas é sentida, e quando é apresentada tão admiravelmente em algo como o “Purpose”, merece ser apreciada. Justin Bieber conseguiu chegar ao topo de sua carreira por meio da mais bela e genuína maneira de apresentar conceitos pessoais através da arte. A ideia presente no álbum é simples, e depende de quem a escuta para associá-la à alguma crença ou não. Porém, ela vai além de religiões e passa a ser um modo de viver que pode criar um sentimento de totalidade. Seja fazendo uma faculdade que realmente gosta, escrevendo canções ou iniciando um projeto social, “Seja você mesmo, acredite no seu propósito. Eu acredito em você.” – Justin Bieber.