Com “Never Be The Same” e “Real Friends”, Camila Cabello prova que sua essência é o suficiente para continuar atingindo o sucesso

0
15

Dia após dia, Camila Cabello consegue se apresentar como uma maior representação da importância de ser uma artista verdadeira na indústria. A reviravolta que está acontecendo no cenário musical é animadora, e a cantora é uma das maiores promessas para 2018. Com apenas seis músicas lançadas até então, Camila não apenas se tornou uma artista completa, tendo um total e inédito controle sobre sua carreira, como também superou uma fase de composições sobre o passado que realmente não deveria simbolizar um marco tão grande quanto o seu primeiro álbum. O conceito “The Hurting, The Healing, The Loving” se transformou em uma grande forma de amadurecimento para a cantora. É surpreendente para alguém que está apenas começando saber deixar algumas experiências para trás e não fazer com que elas representem um álbum de estreia por completo, principalmente se tratando de um álbum que a transformou em artista, onde, pela primeira vez, participou da criação de um disco que leva seu nome.

Deixando o passado onde deveria ficar e focando no presente e em seu trabalho, a cantora e compositora conseguiu criar um conceito ainda mais interessante do que o anterior com o título “Camila” – que representa nada menos do que ela mesma, sendo, finalmente, a artista Camila Cabello. O fato das canções representarem seus sentimentos, pensamentos e opiniões já formam um ideal excelente que nenhuma frase de efeito poderia substituir, afinal cada música de seu debut álbum foi iniciada no bloco de notas de seu celular e colocada em um estúdio onde quem decide o que cantar, o que vestir e o que falar é ela mesma.

Leia também: Com excelência na produção, clipe de “Havana” retrata empenho de Camila Cabello em sua nova construção artística

Seguindo o estilo de “Havana” e até mesmo “OMG“, “Never Be The Same” e “Real Friends” constituem o ritmo pop de qualidade. A extrema e significante melhora nos vocais de Camila prova que ela não está pronta apenas artisticamente, mesmo sendo a parte mais importante, mas também tecnicamente. Mais uma vez, a diferença nas produções das canções divulgadas, sendo uma bem popular e outra mais acústica, consegue mostrar que a essência de Camila está nas palavras e nos significados, e não se resume a apenas um ritmo. Porém, apesar de apresentarem produções bem diferentes, a formulação de “Never Be The Same” e “Real Friends” é a mesma. Camila possui uma maneira franca de compôr que pode ser comparada com algumas canções de Shawn Mendes e Ed Sheeran. Se trata de mensagens que o ouvinte pode se relacionar e interpretar de maneira pessoal, mesmo sem saber o significado real que levou Camila a escrevê-las.

Tais composições são a parte mais interessante de sua promissora carreira. Ao contrário da maioria dos artistas de sua idade – sem estabelecer comparações -, Camila mostra suas dúvidas e problemas que vão além de sua vida amorosa, que é o assunto predominante em qualquer ritmo. E, mesmo sem compreender todo o contexto das canções por trás da mente de Camila, é muito interessante procurar conhecer uma artista pela primeira vez e saber que suas inseguranças em amizades, assim como o amor pela sua terra natal, também estão presentes em sua essência, que não se baseia apenas em relacionamentos amorosos.

Camila Cabello conseguiu colocar uma música que co-escreveu e participou de todo o processo de criação em número um no planeta, mesmo após ouvir de sua própria gravadora que a  canção não iria funcionar na indústria. Sua insistência foi o que a colocou no topo das paradas, mas seu talento foi o que a chamou para ser uma artista. Ao se desvincilhar de uma maneira tóxica de fazer sucesso no cenário musical, Camila provou não apenas para gravadoras e empresários que o talento pode atingir marcas impressionantes, mas também para artistas que pretendem ingressar no mercado. O modo fácil é sempre mais atrativo, mas o trabalhoso, esse que Camila escolheu seguir, é o único que oferece uma realização pessoal que vale a pena.