Transparência de Louis Tomlinson em “Just Like You” é a mais bela mensagem de empatia que um artista poderia passar

0
26

Apesar de estar seguindo uma carreira solo sem muito planejamento e grandes intenções, Louis Tomlinson está criando um pequeno acervo pessoal de composições que, se analisadas separadamente, podem ser associadas com situações singulares de sua vida. Não existe melhor exemplo para descrever seu estilo particular do que o single promocional “Just Like You“. Por parte de sua gravadora, foi provavelmente lançado para divulgar seu primeiro álbum solo de estúdio. Porém, Louis fez questão de apontar o real motivo do lançamento da canção, que é sem dúvidas a mais bela mensagem de empatia que um artista poderia passar.

Mesmo com uma produção cativante o suficiente e com elementos eletrônicos de sucessos atuais, o foco fica completamente na composição. Louis consegue demonstrar uma provável insatisfação com toda a imagem artística que é construída em torno de seu nome de uma maneira única, e surpreendentemente calma. O cantor apontou perfeitamente os dois lados da moeda, sendo aquele que todos observam e aquele desinteressante demais para tabloides noticiarem – onde vive a pessoa por trás da imagem. Não foi estabelecida nenhuma crítica sob o assunto, é como se Louis procurasse apenas explicar uma situação que todos já conheciam, mas alguns se recusam a enxergar.

Leia também: O polêmico modo Justin Bieber de “educar” seus fãs que deveria ser usado por todos os artistas

A realidade do cantor, cantada pelo próprio, é demonstrada de uma maneira tão honesta que funciona como uma conversa com o ouvinte, e o objetivo dessa conversa fica claro: As notícias e histórias que correm pela internet são apenas metade de uma pessoa que merece ser tratada como completa. Seria injusto criar um conceito sobre uma pessoa, por exemplo, baseada apenas na opinião de terceiros. É exatamente a mesma situação, sendo que no caso os terceiros são todos aqueles que falam de Louis com uma propriedade inexistente – inclusive os fãs. É extremamente injusto criar qualquer pré conceito baseado em algo que não foi testemunhado por si mesmo, mesmo se esse conceito não for de todo o mal. A criação de imagem inatingível e perfeita, que não pode e nem será quebrada, é a máscara que o próprio público e mídia criam para artistas sem pedir permissão.

A canção deixa claro que sentimentos e momentos, sejam eles bons ou ruins, assim como inseguranças são parte dos seres humanos – e Louis faz questão de apontar na composição que ele se encaixa nessa categoria aparentemente restrita para artistas. Apesar de sutilmente, a canção serve de questionamento sobre o conceito de artista para a indústria. A vulnerabilidade nunca é mostrada, e as boas partes são sempre exageradas, assim como os erros que nunca deixam de ser aumentados. Todo esse ideal construído em torno de pessoas que decidiram viver de sua arte aumenta ainda mais a frustração desses indivíduos no lado que não é mostrado. Felizmente é possível analisar essas situações através de trabalhos excepcionais como “Just Like You”. Parece algo simples até o seu artista favorito fazer, mas é sem dúvidas uma forma de expressão das mais sinceras que merece ser apreciada. Mesmo sem grande experiência com composições, Louis conseguiu apresentar um trabalho extremamente pessoal e sincero que serve de mensagem universal representativa para todos os artistas que certamente sofrem desse mal que aparenta ser parte do contrato.

louis tomlinson just like you

Observar pessoas afirmando que o conhecem, notícias falsas e escândalos inventados não deveria ser parte da vida de pessoas tão normais quanto qualquer outra que trabalha em um emprego sem exposição. A mensagem de “Just Like You” é bravamente dedicada para os fãs de Louis, que são os que podem realmente iniciar uma mudança. Artistas como Justin Bieber já tentaram expressar esse lado menos glamouroso antes e foram julgados, afinal “se está nas câmeras tem que aguentar a pressão“. A empatia deve estar presente em todos, e não apenas nos editores de grandes jornais. É claro o recado de que Louis é uma pessoa normal, “assim como você”, fã. Tratá-lo como tal, deixando os gritos de lado, é o primeiro passo, seguido do real sentimento de preocupação, ou o famoso “Oi, tudo bem?” – que vale muito mais do que uma selfie para o instagram que não serve de nada além de uma prova rasa de conformação, ou um atalho de realização de sonhos, já que tais fotos são tratadas como objetivos.

A coragem e transparência de Louis através de “Just Like You” é inspiradora, e esperançosamente irá guiar outros artistas a se pronunciarem sobre o assunto. Mas levando em conta que foi dedicada para os fãs, o principal objetivo se torna atingir tais admiradores com a ideia de que artista é aquele que faz arte, não um nome sem sentido para ilustrar uma pessoa famosa. Felizmente a faixa é estimulante o suficiente para guiar não apenas o público do cantor, mas os consumidores do entretenimento no geral, para a continuação desse pensamento natural quando se trata de artistas.